10ª Temporada 2012

Swami Jr. no Comboio de Cordas 27/março/2012

Como diria André Abujamra “o mundo é pequeno pra caramba” e os violonistas, os compositores, os instrumentistas, o público precisam se encontrar e compartilhar sua arte! O Comboio sempre será o lugar da apreciação do novo e das possibilidades musicais! Por isso é com prazer que recebemos Swami Jr. no palco do Comboio de Cordas!

Swami mostra o repertório do álbum “Mundos e Fundos”, lançado em setembro de 2011 pela Borandá, tendo a luxuosa companhia de dois dos maiores instrumentistas da nova geração : Alexandre Ribeiro (clarinete) e Douglas Alonso (percussão).

Swami Jr. no Comboio de Cordas com Douglas Alonso e Alexandre Ribeiro 27/março/2012

Swami Jr. no Comboio de Cordas com Douglas Alonso e Alexandre Ribeiro 27/março/2012

Um convite precedido de uma turnê mundial, com a grande cantora cubana Omara Portuondo, foram estopim e inspiração para que Swami Jr. compusesse as canções de Mundos e Fundos, o CD que lança agora. Foi no início de 2003, justamente quando nascia sua filha, Helena, que Swami foi convidado pelo produtor Alê Siqueira para participar de um disco de Omara. A partir dali, por sete anos, seguiu em viagem pelo mundo acompanhando a cantora como diretor musical e violonista. Durante “as horas lentas e vazias em quartos de hotel de lugares distantes e fascinantes”, como bem define o autor, nasceram os temas desse mais recente trabalho, consolidado pelo Prêmio de Apoio à Gravação de Música Popular, da Funarte.

O CD abre com uma inspiradíssima homenagem a um de seus mestres, Dino 7 Cordas. Nada convencional, apesar do potente e harmonioso violão de sete, lembrando o próprio mestre, Paladino tem toques de percussão e berimbau que não deixam dúvida da contemporaneidade da obra. As homenagens prosseguem, agora em essência. El Puro, composta em Havana, foi feita para o pai de Swami. Em Cuba, “puro”, é forma carinhosa de se dizer pai. A terceira faixa é o impressionante encontro de dois grandes violões e um pandeiro. Saudade da Bahia, de Dorival Caymmi, evolui magistral pelos violões de Swami e Marco Pereira, além do pandeiro de Amoy Ribas.

Em Havana mais uma vez, Swami, tocado pelo nascimento de sua filha, em 2003, compôs Helena, tema delicado no violão solo do artista. O CD segue com Abraço, de Swami e Chico Pinheiro, que consolida a genial parceria entre dois dos mais virtuosos músicos do repertório brasileiro. A comprovação está na própria audição da faixa. Sempre rodando pelo mundo, Swami compôs Valsa de Areia, em Istambul. Mais um momento impar e solo do violão de sete com seu mestre. Segue com um choro diferente, harmonia contemporânea e fraseado jazzístico, segundo o próprio autor. Em Virou Fumaça, composta em Barcelona, em 2009, Swami tem as luxuosas companhias de Milton Mori, no bandolim e Douglas Alonso, no pandeiro.

Inusitado e intrigante, o violonista fez um simpático arranjo para Cabeleira do Zezé, de João Roberto Kelly e Roberto Faissal, extraindo certo lirismo da composição. A nona faixa, Tenda, de Tuco Marcondes, surgiu a partir de convite que Swami fez a ele e Mario Manga, para participarem do disco. Aí estão os três, respectivamente, no violão de sete, de aço e no cello. Aos mestres com carinho… e vigor. Swami definitivamente coloca Jacob do Bandolim no altar interpretando Vibrações, do grande mestre brasileiro do choro. Para encerrar, o músico convida mais um grande amigo e parceiro para a faixa Jurupari, composta depois da leitura de livro homônimo, escrito por Paulo Freire, que acompanha Swami e seu incrível violão de sete, com a viola.

Sobre Swami Jr. :

Diretor musical e produtor, há 8 anos, da grande cantora cubana Omara Portuondo , arranjador,  produtor premiado com o Latin Grammy em 2009 pelo CD “Gracias” de Omara Portuondo e com o Prêmio da Música Brasileira de 2009 pelo álbum “Omara Portuondo e Maria Bethânia” . Gravou e se apresentou com grandes artistas como : Maria Bethânia, Omara Portuondo, Chico César, Zeca Baleiro, Vanessa da Mata, José Miguel Wisnik, Lokua Kanza, Dominguinhos, Elza Soares, Zizi Possi, entre outros.

Informações:

Quando?

27 de março de 2012 às 21h

Onde?

Teatro da Vila (Rua Jericó, 256 – metrô Vila Madalena)

Quanto?

Bilheteria pague quanto vale (é pago, mas você escolhe o valor da bilheteria!)

Leituras deste post: 535

Comente via Facebook!

comments

1 comentário para Swami Jr. no Comboio de Cordas 27/março/2012

  • Ana Paula

    Olá eu moro em Brasília, infelizmente não poderei comparecer ao show do Swami, mas gostaria muito se reproduzissem ao vivo esta terça-feira. Peço por favor para ser reproduzido ao vivo. Obrigada.

    Ana Paula

Deixe seu comentário para o Comboio de Cordas!

  

  

  


*

Você pode usar estes recursos HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>